As franquias de construção e imobiliárias enfrentam o desafio de driblar a atual crise na construção civil que assola o país. Apesar de o segmento, dentro do franchising, ter obtido uma retração de 2,5% em seu faturamento, ainda assim ficou 1,5% acima do PIB do Brasil no período de 2015.

faturamento do segmento bateu a casa dos R$ 7,2 bilhões, com representatividade de 5,1% de todo faturamento do franchising no Brasil.

O ramo, evidentemente, passa por dificuldades devido às restrições de crédito imobiliário, excesso de lançamentos de novas unidades e aumento da taxa de juros para controlar a inflação.

Entretanto, há 5.849 franquias dentro do segmento que têm a oportunidade de mudar o cenário, buscando o aperfeiçoamento de suas atividades e, assim, saírem fortalecidas da crise.

Para os investidores interessados em franquias de construção e imobiliárias, há excelentes chances de conseguirem fazer bons negócios no atual momento. Quando todo o mercado está correndo para a trás, a escolha mais sábia é correr para a frente. E um segmento nunca fica em baixa para sempre.

As franquias Casa do Construtor e Multicoisas são os destaques do segmento, que sempre marcam presença entre as melhores franquias (TOP 25) do Ranking da ABF.

(Fonte: Sebrae)